<< Back to main JS! page

More Information on:

Chico Hamilton

Jeffrey Andrew Caddick

Hot Links!

Contact Us!

Online Store!


JOYOUS SHOUT!
Jeffrey Andrew Caddick
P.O. Box 15244
Evansville, IN 47716

Diário de Notícias
8/8/96

NOITE ESPECTACULAR COM UM BATERISTA DA «GERAÇÃO» MAX ROACH

A batida
de Chico Hamilton

Terça-feira foi noite de eclectismo come uma parte clássica, na companhia do Lynne Arriale Trio. E o berterista Chico Hamilton fez da segunda parte um espectáculo.

Ana Bela Martins da Cruz

Jazz em Agosto continua a mobilizar as atenções militantes dos liboetas amantes, e habitués, das sesões do Anfiteatro ao Ar Livre da Gulbenkian Contudo a noite de terça-feira foi um pouco penalizada em termos de afluência do público, que, embora tenha preenchido grande parte da lotação do anfiteatro da nossa preferência, não acorreu como Chico Hamilton mereceria.

O Serviço Acarte, que se decidiu, nesta edição 96, por um ciclo mais classicista, teve afinal uma noite de rasgos inventivos que nada ficou a dever à tradição ou aos standards. Falo da vinda, pela primeira vez a Portugal, de Hamilton e dum trio belamente equilibrado. Com um saxofonista de fôlego internacional, quer dizer, de fôlego imenso. E a noite de rasgos fulgurantes aconteceu na segunda parte: jazz encorpado ao ritmo do improviso com o grupo de Chico Hamilton, Euphoria. À volta da meia-noite. Bem Bom.

Entre nós, Lynne Arriale não é propriamente uma desconhecida, já que as direcções do Hot Cube de Portugal ( o velho caveau do jazz português, ali à Praça da Alegria) se encarregaram de a convidar várias vezes a actuar em Lisboa. Agora chegou a altura de o Jazz em Agosto ouvir o som de um dos pianos mais sensíveis do jazz. Arriale veio em Boa hora, e com trio: Lynne Arriale ao piano, John Herbert no contrabaixo (emotivo) e Steve Davis na bateria – a batida feita sobre mutações esquemáticas inteligentes.

Por os sentirmos tão à vontade deve referir-se que os dois músicos têm feito, regularmente, parte do trio da pianista do Milwaukee. O grupo preencheu a primeira parte da noite de jazz com leituras rigorosas, e improvisos de estrutura leve, de Gershwin e Dizzy Gillespie. Um caso de talento impressionista, aliado à pureza técnica no toque das teclas, faz de Lynne Arriale uma discípula teórica de Bill Evans.

E agora nós, Chico Hamilton, senhor das baterias, a grande surpresa (para mim) deste Jazz em Agosto. Claro que ele foi o elemento preponderamente do quarteto Chico Hamilton & Euphoria, o verdadeiro homem do leme – sem el rei D. João II!

Hamilton trouxe come ele alguns jovens compagnons de route: o magnífico (espectacular revelação) Eric Person nos saxos alto e soprano, Cary De Nigris na guitarra eléctrica e Kevin Reed no baixo eléctrico. Coexistência programática do grupo com os músicos intervenientes em solos de qualidade. Todo Around the corner (tema bem expressivo) Hamilton canta « so long Portugal » mas volta esplendoroso para o encore. Uau!



©
1995-2014 Joyous Shout!
Updated by A. Allen